Um processo foi aberto contra a empresa de transporte Lyft em San Antonio, Texas, depois que um acidente fatal ocorreu envolvendo um motorista da Lyft e seus passageiros.

No final de abril de 2021, um motorista da Lyft estava levando três passageiros quando seu veículo foi atingido por outro veículo em um cruzamento. Infelizmente, um dos passageiros acabou falecendo em consequência do acidente.

Desde então, a família da vítima e os outros dois passageiros contrataram um advogado e entraram com um processo contra a Lyft, alegando que a empresa falhou no dever de proporcionar um serviço de transporte seguro e negligenciou o bem-estar de seus passageiros.

O processo alega que a Lyft não realizou verificação de antecedentes adequada do motorista envolvido no acidente, não forneceu treinamento adequado ao motorista e não tomou medidas de segurança suficientes para proteger seus passageiros.

A Lyft, por sua vez, emitiu uma declaração expressando suas condolências e dizendo que está cooperando totalmente com as autoridades e investigando o incidente. A empresa também afirmou que tem políticas e procedimentos claros para garantir a segurança de seus motoristas e passageiros.

Este processo contra a Lyft em San Antonio é apenas o mais recente em uma série de casos legais envolvendo empresas de transporte compartilhado. À medida que mais e mais pessoas optam por usar aplicativos como Lyft e Uber para se locomover pela cidade, também cresce a preocupação com a segurança dos passageiros.

Enquanto isso, o caso continua a se desenrolar em San Antonio, e a família da vítima e os demais passageiros aguardam uma resolução justa e adequada deste trágico acidente. A Lyft e outras empresas de transporte compartilhado também são lembradas de sua responsabilidade em garantir a segurança de seus usuários.